23/02/2021 07:55:00

Mato Grosso pode ter política de atendimento a pessoas com transtorno de acumulação

A proposta visa oferecer atendimento prioritário a pacientes em vulnerabilidade social com fortalecimento do vínculo familiar e comunitário

Mato Grosso pode ter política de atendimento a pessoas com transtorno de acumulação - Notícias - Mato Grosso digital
Pesquisas apontam que 4% da população mundial são acumuladores compulsivos. Com o objetivo de oferecer garantia integral à saúde, principalmente da população em vulnerabilidade social, o projeto de lei 84/2021 institui a política estadual de atendimento a pessoas em situação de acumulação (Síndrome de Diógenes).  
 
Conforme o deputado estadual Dr. Gimenez (PV), o transtorno consiste no acúmulo de qualquer tipo de entulho: garrafas, papeis, aparelhos eletrônicos, roupas, produtos de limpeza, alimentos, lixo orgânico, dejetos, enfim, todo e qualquer tipo de entulho que possa provocar riscos à saúde.  
 
“Nosso objetivo, além oferecer atendimento a esse paciente, é garantir a manutenção da higiene e salubridade do ambiente onde a família reside e assim evitar um potencial risco à saúde individual e coletiva. É um tema relativamente novo, mas muito pertinente e importante a ser debatido”.  
 
O texto do projeto de lei indica a necessidade de fortalecimento na articulação das ações de vigilância e assistência à saúde, de modo a estabelecer medidas de intervenção necessárias e articuladas entre os órgãos competentes. Também institui a garantia de formação e educação permanente de profissionais e gestores que planejam e executam esses serviços.
 
“A maioria deles é idoso e já possui a saúde debilitada em razão da própria idade. Somando isso aos problemas decorrentes da falta de higiene e do pouco contato social, muitos acabam hospitalizados e podem morrer em poucos anos, precisamos reverter esse quadro por meio de de diagnóstico precoce e atendimento prioritário”.  
 
Ele explica que as ações dos órgãos e entidades envolvidos no atendimento das pessoas em situação de acumulação devem ser planejadas e executadas de modo coordenado com o profissional da Unidade Básica de Saúde responsável pela gestão do caso.
 
Entre os objetivos estão: a busca ativa de pessoas em situação de acumulação; visitas domiciliares; atendimento terapêutico ao paciente, com metas para o desfazimento sistemático e contínuo dos objetos ou resíduos acumulados.  
 
Como identificar - A síndrome de Diógenes (SD) se caracteriza por descuido extremo com a higiene pessoal, negligência com o asseio da própria moradia, isolamento social, comportamento paranoico, sendo frequente a ocorrência de colecionismo. A maior incidência é entre idosos a partir de 60 anos, mais da metade é portadora de demência ou outro transtorno psiquiátrico. É frequente esse paciente ter graves problemas de alimentação, comer pouco, mal e tarde e até consumo alimentos estragados.  
 
 
 
ROSE DOMINGUES / Gabinete do deputado Dr. Gimenez
 
 
 
 
 

 

Comentários (0)

Escrever comentário

...enviando

Atenção! Preencha todos os campos marcados com *

Obrigado! Seu comentário foi enviada com sucesso.

Leia também

Ver todos os notícias


Cuiabá

. Umidade do ar:

06 Mar 2021

27ºC / 19ºC

07 Mar 2021

27ºC / 19ºC