07/02/2020 07:57:00

Governador destaca respeito entre poderes em vinda à Assembleia

Mauro Mendes participou de sessão plenária e concedeu entrevista coletiva

Governador destaca respeito entre poderes em vinda à Assembleia - Notícias - Mato Grosso digital

“Viemos aqui na Assembleia em sinal do respeito que nós demonstramos ao longo de 2019 aos poderes constituídos. Hoje, aqui é mais uma demonstração desse respeito, da independência que tem que existir e que o trabalho em harmonia entre os poderes cria um clima de segurança jurídica, um clima favorável aos investimentos, ao crescimento econômico e à geração de emprego em Mato Grosso”, disse o governador Mauro Mendes (DEM), que esteve na Assembleia Legislativa durante toda a manhã desta quinta-feira (6), participando de sessão plenária e de uma coletiva com a imprensa.

 

Mendes fez um balanço das medidas tomadas em seu primeiro ano de gestão e afirmou que vislumbra um cenário de muitas ações para 2020, especialmente na área de infraestrutura. “Nada foi fácil em 2019, mas o importante é que tudo foi aprovado e vai melhorar o estado daqui pra frente”, disse, argumentando que todos os projetos envidados para a Casa de Leis em 2019 foram aprovados.

 

“Não tenho dúvida de que iremos entregar melhores resultados e serviços em 2020. Todos nós teremos orgulho dessa trajetória que estamos construindo juntos”, destacou o governador democrata, que demonstrou a intenção de manter o mesmo diálogo, “franco, aberto e objetivo com os deputados”.

 

 

 

 

“Vamos chegar a fevereiro de 2020 com 100% dos fornecedores sendo pago em até 30 dias após as medições”, garantiu o governador. “Tivemos mais de 200 obras retomadas em 2019 e o ano de 2020 teremos novidades muito importantes”, disse.

 

No entendimento do governador Mauro Mendes, a reforma da Previdência será, sem dúvida, a de maior debate no Parlamento este ano. “A 'parte B' das regras gerais da Previdência será um dos mais calorosos temas discutidos aqui. Existem preceitos constitucionais que são preciosos e precisamos compreender que a Constituição diz que todos os brasileiros são iguais perante a lei”.

 

O governador foi enfático ao argumentar que não concorda com o quadro que está vigente. “Não posso concordar que o trabalhador, a dona de casa, o motorista de ônibus possa se aposentar apenas com 65 anos os homens e 62 as mulheres e termos no governo de Mato Grosso aqueles que se aposentam com 45, 48, 50 anos. Os brasileiros de Mato Grosso precisam ser tratados de forma igualitária”, adiantou.

 

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho (DEM), fez questão de agradecer ao governador pela visita à Assembleia Legislativa.

 

“Quero agradecer ao governador, a presença foi muito importante, sinal de respeito ao Parlamento e nós vamos continuar trabalhando pelo interesse do povo mato-grossense, evidentemente, resguardando a liberdade total dos deputados dentro desta Casa”, disse.

 

Botelho destacou que a prioridade, para o primeiro semestre, é a questão das regras da Previdência. “A prioridade nossa será as regras de aposentadoria que o governo vai mandar. A questão do Cota Zero será um processo mais lento porque ainda dependemos de um estudo técnico que está sendo elaborado e isso pode demorar um pouco”, argumentou.

 

Botelho disse que aguarda a mensagem previdenciária para montar as comissões e trabalhar em cima de discussões para que, no máximo, até o mês de maio tudo esteja concluído.

 

 

 

 

FLÁVIO GARCIA / Secretaria de Comunicação Social

 

 

 

 

 

 

Comentários (0)

Escrever comentário

...enviando

Atenção! Preencha todos os campos marcados com *

Obrigado! Seu comentário foi enviada com sucesso.

Leia também

Ver todos os notícias


Cuiabá

. Umidade do ar:

23 Feb 2020

27ºC / 19ºC

24 Feb 2020

27ºC / 19ºC