01/02/2024 08:30:00

Botelho presta homenagem e nomeia ponte do Contorno Norte de “Desembargador Munir Feguri”

O deputado diz que Munir Feguri tem legado na justiça estadual. O Contorno Norte do Rodoanel vai desafogar o trânsito em Cuiabá e VG

Botelho presta homenagem e nomeia ponte do Contorno Norte de “Desembargador Munir Feguri” - Notícias - Mato Grosso digital

Já está em vigor a Lei 12.405/24, que denomina de Desembargador Munir Feguri, a ponte construída no Contorno Norte do Rodoanel de Cuiabá e Várzea Grande. De iniciativa do deputado Eduardo Botelho, presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), a iniciativa é uma homenagem ao desembargador pelo importante legado deixado no Estado.

 

“O nome do saudoso desembargador Munir Feguri está gravado na história de luta pelo judiciário mato-grossense, em especial, pela luta que teve à criação do TRT 23ª Região e Juntas de Conciliação nos municípios”, justifica Botelho.

 

Desembargador Munir Feguri deixou um grande legado para MT

 

TRAJETÓRIA – Aposentado, o desembargador Munir Feguri, faleceu aos 83 anos. Era natural de Cuiabá. Bacharel em Ciências Jurídicas e Sociais pela Faculdade de Direito de Cuiabá, em 1966. Foi presidente da Ordem dos Advogados do Brasil em Mato Grosso (OAB-MT) e integrou o Conselho Seccional da Ordem dos Advogados do Brasil por 20 anos consecutivos.

 

Durante os anos de 1985 e 1989, representou a OAB-MT junto ao Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, tendo sido reeleito também para o biênio 1991/1993. Dentre seus projetos de luta constam a criação do Tribunal Regional do Trabalho da 23ª Região, com sede em Cuiabá, e oito Juntas de Conciliação e Julgamento em Mato Grosso.

 

Também presidiu o Instituto dos Advogados de Mato Grosso, no biênio 1991/1993. Ingressou no Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso pelo Quinto Constitucional, em 1992. Em 1995, foi eleito presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT), ocasião em que implantou o sistema eleitoral informatizado.

 

Durante o biênio 1999/2001, foi eleito vice-presidente do TJMT, ocasião em que assumiu a Presidência da Corte devido ao falecimento do presidente Wandy Clait Duarte. Assumiu a Corregedoria-Geral da Justiça, no biênio 2005/2007.

 

 

 

 

Autor: Itimara Figueiredo (ALMT)

 

 

 

 

 

 

Comentários (0)

Escrever comentário

...enviando

Atenção! Preencha todos os campos marcados com *

Obrigado! Seu comentário foi enviada com sucesso.

Leia também

Sexta-Feira, 23 de Fevereiro de 2024

Sexta-Feira, 23 de Fevereiro de 2024

Ver todos os notícias


Cuiabá

. Umidade do ar:

29 Feb 2024

27ºC / 19ºC

01 Mar 2024

27ºC / 19ºC

ENQUETE

Para a próxima Eleição Municipal de 2024. Em quem você votaria para Prefeito de Cuiabá?

Votar Ver resultados

Para a próxima Eleição Municipal de 2024. Em quem você votaria para Prefeito de Cuiabá?

Voto registrado com sucesso!

Ver resultados