13/01/2021 07:28:00

Mangal das Garças completa 16 anos cuidando da natureza

O Mangal das Garças é rico em biodiversidade amazônica, com uma inestimável variedade de plantas e animais.

Mangal das Garças completa 16 anos cuidando da natureza - Notícias - Mato Grosso digital

O Parque Zoobotânico Mangal das Garças, administrado pela Organização Social Pará 2000, comemora seu 16° aniversário nesta última terça-feira, 12 de janeiro de 2021. Sendo o segundo equipamento administrado pela OS, o espaço foi inaugurado em 2005 e foi o resultado da revitalização de uma área de 40.000 metros quadrados, que se tornou uma síntese da fauna e flora amazônica. Sua inauguração o consolidou como um presente para a cidade de Belém e para os paraenses, devido a data coincidir com o aniversário da capital.

 

Com uma ampla área para passeios naturais, duas das maiores atrações do parque são: a Reserva José Márcio Ayres, um dos maiores borboletários da América Latina, e o Viveiro das Aningas, que hospeda inúmeras espécies de aves.

 

"O Mangal das Garças é rico em biodiversidade amazônica, com uma inestimável variedade de plantas e animais. Além de ser um dos maiores pontos turísticos do Pará, o espaço também tem uma função cultural fundamental, com locais como o Memorial Amazônico da Navegação, que mostra a história da antiga tradição fluvial paraense", constata o presidente da OS Pará 2000, Antônio C. Sobrinho.

 

 

 

 

Foto: Ascom Pará 2000

 

 

 

 

Entre os espaços monitorados que podem ser visitados no Mangal das Garças está o Farol de Belém, que permite os visitantes apreciarem uma visão panorâmica de todo o espaço, da Baía do Guajará, e da capital paraense.

 

Um outro evento que se tornou atração no Mangal das Garças é o Momento da alimentação das Garças, por conta da enorme quantidade de aves e por elas sempre aparecerem no mesmo horário para comer.

 

Basílio Guerreiro, biólogo do Mangal das Garças, comenta sobre esse processo "A alimentação é sempre às 11h, 15h e 17h30. É servido peixe em pedaços, em tamanhos adequados para elas poderem engolir. Via de regra, o peixe é pratiqueira (Mugil curema) e, às vezes, varia para gó, também conhecido como pescada-dentão (Cynoscion microlepidotus)", disse.

 

Basílio ressalta que as garças do Mangal não são mantidas em cativeiro, elas habitam o espaço por ele atender as condições ambientais necessárias para elas viverem e, mesmo assim, sempre aparecem exatamente nos horários marcados para as refeições.

 

Apesar da data oficial ser dia 12 de janeiro, a programação alusiva será no próximo domingo, 17 de janeiro, a partir das 9h30, com diversas atrações na temática regional e folclórica.

 

A Organização Social Pará 2000, que administra o Mangal das Garças, reforça aos visitantes a obrigatoriedade do uso de máscara para entrada e permanência no local. Além disso, as medidas de segurança sanitária mantidas no Parque devem ser obedecidas, devendo os visitantes evitar aglomerações e fazer uso de álcool em gel e pias com água e sabão espalhadas em pontos estratégicos do local.

 

O espaço é aberto ao público de terça a domingo, de 8h às 18h, e fica é fechado às segundas-feiras, para manutenção.

 

 

Programação diária no Mangal:

- Soltura das borboletas no Borboletário: 10h e 16h (monitorado)
- Passeio da Coruja Olívia: de terça a sexta – 17h
- Alimentação das garças no Recanto da Curva: 11h, 15h, 17h30

Para visitar os espaços monitorados, é necessário adquirir o ingresso por R$ 5. 

 

 

 

 

 

 

Comentários (0)

Escrever comentário

...enviando

Atenção! Preencha todos os campos marcados com *

Obrigado! Seu comentário foi enviada com sucesso.

Leia também

Ver todos os notícias


Cuiabá

. Umidade do ar:

17 Jan 2021

27ºC / 19ºC

18 Jan 2021

27ºC / 19ºC