30/07/2020 07:51:00

Os 12 participantes do RuPaul’s Drag Race que roubaram o coração dos telespectadores

Quais foram os homens mais belos que participaram como drags do reality show?

Os 12 participantes do RuPaul’s Drag Race que roubaram o coração dos telespectadores - Notícias - Mato Grosso digital

Ao longo de 12 temporadas, dezenas de drags participaram de um dos reality shows mais consagrados da televisão, apresentado por Rupaul. Além do talento como drag queen, muitos surpreenderam o público também pela beleza e carisma quando “desmontados”.

 

 

 

 

 

 

Na busca pelo título de “America’s Next Drag Superstar”, elas cantam, dançam, dublam, atuam e fazem até stand up comedy, cujo os desafios testam as habilidades e talentos de cada uma delas. Criado em 2009, o sucesso do reality gerou uma vertente do mesmo intitulado RuPaul’s Drag Race: All Stars, em que as competidoras de temporadas anteriores retornam para competir novamente, como se fosse uma segunda chance.

 

 

 

 

 

 

 

O êxito do Drag Race foi tamanho que RuPaul ganhou um Emmy em 2016, na categoria “Melhor Apresentador de Programa de Reality de Competição” e em 2018 outro Emmy, desta vez como “Melhor Reality Show” no 21.º GLAAD Media Awards. Além disso, foi nomeado ao Critics’ Choice Television Award em quatro categorias. No Brasil o reality tem uma legião de fãs e algumas das Drags até fizeram shows no Rio e São Paulo, houve até boatos que a cantora Pabllo Vittar participaria do programa como jurada especial algo que até o momento não aconteceu, assim como uma versão brasileira do Drag Race.

 

 

 

Confira abaixo os homens mais belos que deram as caras no reality: Jackie

 

Cox (Darius Rose) 34 anos – T: 12

Nascido no Canadá, Darius é filho de pai canadense e mãe iraniana, mas vive em Nova York e participou da temporada atual do reality Rupaul’s Drag Race. Ele estudou teatro na Califórnia sendo bacharel em Artes; causou surpresa quando em um dos desafios apareceu vestindo um hijab (traje usado pelas mulheres muçulmanas).

 

 

 

 

 

 

 

Rock M Sakura (Bryan Steven Bradford) 28 anos – T:12

Rock nasceu na Califórnia mas mora em São Francisco, dono de traços asiáticos, Sakura tem origem vietnamita e filipina. Embora tenha sido eliminado no quarto episódio, ele cativou muitas pessoas com a sua sensibilidade, já que chorou diversas vezes ao longo do reality. Recentemente Rock se tornou alvo de uma polêmica quando circulou na internet 2 vídeos dele fazendo sexo em uma feira erótica de São Francisco, a Folsom Street Fair, que inclusive falamos sobre ela no Gay Blog.

 

 

 

 

 

 

Raven (David Petruschin) 41 anos – T:2 e T:1 All Stars

Raven também é da Califórnia e além de ter participado do reality, desde 2017 ele é maquiador da Rupaul, além de trabalhar também como produtor criativo no Drag Race. David tem origem russa e foi educado para ser um Mórmon, mas ele se afastou completamente de qualquer vínculo religioso.

 

Maquiador consagrado, já recebeu diversos prêmios ligados a essa categoria; em 2016, Raven foi citada como uma inspiração na revista Vanity Fair’s “100 Years of Drag Fashion” vídeo, ao lado de figuras icônicas como Divine e a própria RuPaul.

 

 

 

 

 

 

 

Milk (Dan Donigan) T:6 e T:3 All Stars

Considerado um dos participantes mais belos que já passaram pelo Drag Race, Donigan não durou muito na sexta temporada, talvez por não terem compreendido bem a sua arte drag que mesclava o masculino com o feminino, o tornando uma figura andrógina e longe da imagem glamourizada. Ele também é modelo, tendo estrelado em 2016 uma campanha do estilista Marc Jacobs, além de ter sido capa de inúmeras publicações voltadas para o público gay.

 

 

 

 

 

 

Há 12 anos, Donigan mantém uma relação com o bailarino e também modelo James B. Whiteside, vivendo juntos em Nova York. Ele já fez shows de drag no Rio de Janeiro junto com outras que também participaram do programa e durante a sua estadia em solo brasileiro foi muito simpático com todos.

 

 

 

 

 

 

 

April Carrión (Jason Carrión) 31 anos – T:6

Nascido em Porto Rico, é um dos vários latinos que já passaram pelo Drag Race ao longo dos anos; foi eliminado no quarto episódio; Carrión estudou arte, ballet, jazz e teatro e assim como todas as drags que já passaram pelo reality, faz shows no mundo inteiro já tendo se apresentado no Brasil, em uma casa noturna em Uberlândia (MG) em 2016 e também no Rio de Janeiro na companhia de outras drags.

 

 

 

 

 

 

 

Ele possui a fama de ser muito simpático e divertido, adora falar palavrões e nutre um carinho especial pelos brasileiros.

 

 

 

 

 

 

 

Pearl Liaison (Matthew James Lent) T:7

O ar blasé e a cara de tédio que sempre fazia, transformaram Pearl em vários memes da internet. Criado na Flórida, ele se mudou para Chicago em 2012 para performar como drag. Pearl também é cantor, tendo feito um álbum de sucesso, além de ter lançado uma linha de perfumes chamada Flazéda.

 

 

 

 

 

 

Durante uma entrevista tempos depois de ter participado do reality, questionado por que sempre fazia cara de tédio pra tudo, Pearl revelou que quando entrou no Drag Race estava animado com a possibilidade de conhecer de perto Rupaul e os jurados como a Michelle Visage, no entanto ele notou que na prática não havia como ter uma proximidade com eles, como se os mesmos fossem “blindados”. 

 

 

 

 

 

 

 

No entanto, Pearl ressaltou que as caras e bocas foi devido a uma decepção vivida nos bastidores do reality, ao elogiar a apresentadora demonstrando sua admiração por ela, Pearl alega que ouviu de Rupaul “nada do que você me disser tem importância se aquela câmera não estiver ligada”. A título de curiosidade, já vazou uma sex tape ‘solitária’ do rapaz.

 

 

 

 

 

 

Naomi Smalls (Davis Heppenstall) T:8 e T:4

All Stars Naomi talvez seja uma das participantes mais altas que já passaram pelo Drag Race, com 1,95m de altura. Este californiano de 26 anos, chamou atenção pelos looks e o estilo top model de passarela, tanto que o nome é inspirado na modelo Naomi Campbell. Davis tem 11 irmãos, sendo ele e a maioria adotivos, inclusive ele sempre se emocionava quando mencionava os pais e o apoio que teve deles. Também já se apresentou como drag no Brasil.

 

 

 

 

 

 

Trinity K. Bonet (Joshua Jones)  29 anos T:6

Além de drag, Jones é também ator e cantor, tendo iniciado a carreira em 2006, porém na arte drag começou cedo, aos 15 anos de idade. Fã de Beyoncé, o ‘K’ em seu nome é uma referência a família Kardashian. Bonet arrancou risos da platéia no desafio de humor (stand up comedy) e comoveu a todos quando revelou ser HIV+ desde 2012. Em 2019, a revista New York nomeou Bonet como uma das mais poderosas Drag Queens da América no top 100.

 

 

 

 

 

 

Honey Davenport (James Heath-Clark) 35 anos T: 11

James foi um dos participantes mais belos do reality de Rupaul, além de Drag, o rapaz também é ator, cantor, escritor e ativista. Apesar de ter nascido na Filadélfia, ele estabeleceu residência na cena noturna de Nova York.

 

 

 

 

 

 

 

Davenport faz shows regularmente em NY, New Jersey, Fire Island (já citado aqui no Gay Blog) e em Key West.  Ela também trabalha como Dj e devido a sua contribuição para a cena Queer de NY, recebeu um prêmio na sexta cerimônia do Glam Awards, um tipo de premiação estilo Oscar.

 

 

 

 

 

 

 

Kahanna Montrese (Tyrone Hardiman) 27 anos – T:11

Nascido no Colorado, Tyrone atualmente vive em Las Vegas onde faz show de drag regularmente. Montrese não foi tão bem no Drag Race, sendo eliminada no segundo episódio da décima primeira temporada, muito em função de um figurino horrível que usou, recebendo duras críticas dos jurados.

 

 

 

 

 

 

Soju (Tony Hyunsoo Ha) 29 anos – T:11

Soju é da Coréia do Sul e além de drag, também é cantor e youtuber, tendo um canal bastante popular na plataforma de vídeos. Apesar de ser sul coreano, Tony se mudou com a sua família para os Estados Unidos quando ele tinha apenas 10 anos. Ele também é empresário, sendo dono de uma academia de taekwondo.

 

 

 

 

 

 

Assim como Kahanna, Soju não teve sorte no reality, sendo eliminado logo no primeiro episódio em virtude de um figurino mal feito em que o próprio admitiu o erro. Como cantor, ele gravou três músicas e desde 2017 vive em Chicago, ao contrário da maioria das drags que vivem em Los Angeles e Nova York.

 

 

 

 

 

 

 

Carmen Carrera – 35 anos T:3

Carrera chamou atenção no Drag Race pois devidamente montada parecia de fato uma mulher e não simplesmente uma Drag, sendo considerada uma fish (um termo que significa quando uma drag se parece com uma mulher).

 

 

 

 

 

 

 

Natural de New Jersey, Carrera tem descendência porto riquenha e peruana, ela também é modelo, atriz e showgirl, inclusive faz parte do casting de uma agência de moda.

 

 

 

 

 

 

 

Após sair do reality, Carmen se reconheceu como trans e iniciou um tratamento com hormônios, tendo se tornado uma ativista dos direitos das pessoas transgêneros e também participa ativamente de campanhas de conscientização sobre a AIDS. É casada desde 2015 com Adrian Torre, com quem se relaciona desde 2009.

 

Em 2013, uma petição teve início pedindo que Carrera desfilasse pela Victoria’s Secret Fashion Show, mas apesar da cobertura da mídia e quase 45 mil assinaturas, infelizmente o convite não rolou.

 

Lembrou de mais alguém? E para você quem foi o mais charmoso que deu as caras no Rupaul’s Drag Race e que não foi citado na lista?
 

 

 

 

 

 

Comentários (0)

Escrever comentário

...enviando

Atenção! Preencha todos os campos marcados com *

Obrigado! Seu comentário foi enviada com sucesso.

Leia também

Quinta-Feira, 13 de Agosto de 2020

Quarta-Feira, 12 de Agosto de 2020

Ver todos os notícias


Cuiabá

. Umidade do ar:

15 Aug 2020

27ºC / 19ºC

16 Aug 2020

27ºC / 19ºC