10/06/2021 11:00:00

Sylvinho explica esquema com três volantes no Corinthians e elogia Cantillo: ‘Atleta fabuloso’

Treinador corinthiano ressalta a importância do colombiano como primeiro homem de meio campo para o início das jogadas: 'Adianta a fase de construção'

Sylvinho explica esquema com três volantes no Corinthians e elogia Cantillo: ‘Atleta fabuloso’ - Notícias - Mato Grosso digital

O empate em 0 a 0 contra o Atlético-GO, na última quarta-feira (9), às 21h30, no estádio Antônio Accioly, pelo jogo de volta da terceira fase da Copa do Brasil, que confirmou a eliminação do Corinthians na competição, já que o time tinha perdido em casa, por 2 a 0, na ida, em Itaquera, há duas semanas, foi o segundo consecutivo em que o técnico Sylvinho escalou o trio Cantillo, Roni e Gabriel como titular no meio-campo.

 

Antes, os três volantes haviam iniciado a vitória corinthiana por 1 a 0 sobre o América-MG, na Arena Independência, em Belo Horizonte, pela segunda rodada do Brasileirão, no último domingo (6).

 

Contudo, a dúvida sobre a opção do treinador em repetir o esquema foi a necessidade do Timão em reverter dois gols de diferença. No entanto, Sylvinho explicou a sua ideia de jogo em preencher o meio-campo com essa trinca de atletas para dar mais campo para o setor ofensivo. Além disso, o comandante corinthiano elogiou muito o colombiano Cantillo, responsável pela primeira faixa do meio-campo nas últimas partidas.

 

– Os três volantes podemos ter mais consistências para ter o campo adversário, temso Cantillo por trás, que é um atleta fabuloso para essa entrega de bola, para ter esse giro. Quando digo que o Gustavo (Mosquito) fez um bom jogo, teve o 1×1 pelo lado do campo, isso ocorreu pelas inversões de jogo do Cantilo. Ele é quase um meia por trás. Quando você não tem um meia pela frente, usa um primeiro volante, de qualidade incrível, que nos deu muita saída e inversões de jogo e facilitou – pontuou o técnico do Corinthians.

 

– Na fase de construção, essa inversão de boa, no pé, adianta a fase de construção para passar no pé de meias onde são mais abertos, não temos meias que joguem por trás do atacante, é mais difícil, toda essa construção de time que buscamos fazer, essa é uma construção de time que busca fazer e o Cantillo fez um bom jogo e protegido pelo Roni e Gabriel – concluiu Sylvinho.

 

Contudo, durante a partida, mesmo vendo o tempo passar e não conseguindo romper a última linha defensiva do adversário, o treinador corinthiano promoveu mudanças em outros setores e manteve os três volantes.

 

– O Jô cobre mais a área, você perde a mobilidade e ganha a presença de área, Adson jovem promissor, mas tem maturidade, é rápido, poderia fazer essa jogada para dentro e eliminar os cruzamentos. Nessa última, tínhamos o Léo (Natel), jogador potente e forte não veio para consertar nada e veio para dar consistência ao lado do João Victor, com câimbras, não aguentou mais o jogo, tínhamos uma substituição pelo Ramiro que já tinha perguntado se ele jogaria pelo lado direito, nenhuma foi pra consertar mas pra potencializar o time.

 

Emprestado pelo Júnior Barranquilla (COL) desde o início da temporada passada, Cantillo tem 51 jogos disputados pelo Timão, mas ainda não balançou as redes pelo clube do Parque São Jorge.

 

 

 

 

 

 

Comentários (0)

Escrever comentário

...enviando

Atenção! Preencha todos os campos marcados com *

Obrigado! Seu comentário foi enviada com sucesso.

Leia também

Ver todos os notícias


Cuiabá

. Umidade do ar:

16 Jun 2021

27ºC / 19ºC

17 Jun 2021

27ºC / 19ºC