05/12/2021 07:44:00

Deputado Barranco propõe criação da biblioteca digital com ferramenta “leitura em voz alta”

Inclusão social de deficientes visuais e modernização da estrutura bibliotecária são alguns dos objetivos do projeto

Deputado Barranco propõe criação da biblioteca digital com ferramenta “leitura em voz alta” - Notícias - Mato Grosso digital
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
A criação da biblioteca digital em Mato Grosso com a ferramenta Leitura em Voz Alta é o que propõe o deputado estadual Valdir Barranco (PT), com o Projeto de Lei nº 987/21, em tramitação na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT).
 
De acordo com o artigo 2º da proposição, a criação da biblioteca digital tem por finalidade promover a inclusão social de deficientes visuais, bem como modernizar a estrutura bibliotecária e contribuir com a economia da receita estadual.
 
Em sua justificativa, o parlamentar cita pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), realizada em 2010, revelando que 6,5 milhões de brasileiros tinham algum tipo de deficiência visual. “Destes, 528 mil eram completamente cegos e os outros 6 milhões possuíam baixa visão ou grande dificuldade de enxergar. Ademais, cumpre registrar que, conforme pesquisa da Organização Mundial da Saúde (OMS), até 2050, o número de pessoas cegas no mundo deve dobrar. Nesta conjuntura, é inevitável que haja a concentração de esforços para a elaboração de políticas públicas inclusivas e efetivas, capazes de abarcar este público e minimizar assimetrias sociais”, frisa o deputado, ex-presidente e atual titular da Comissão de Educação, Ciência, Tecnologia, Cultura e Desporto da ALMT.
 
Barranco também se baseou em dados da Fundação Dorina Nowill, dando conta de que 57% das pessoas que possuem deficiência visual (cegas ou com baixa visão), no Brasil, têm interesse por leitura. "Isto posto, urge ao estado de Goiás o desenvolvimento da biblioteca digital com a ferramenta "leitura em voz alta", de forma que haja a inclusão de crianças e adolescentes deficientes visuais, corroborando para a sua formação educacional e inclusão social”.
 
"Outrossim, garantir-se-á o atendimento das necessidades específicas na educação especial, assegurando um sistema educacional inclusivo em todos os níveis, etapas e modalidades. Neste contexto, faz-se importante enunciar que a realização desta dar-se-á, de maneira ágil e efetiva, com o desenvolvimento de parcerias com a Secretaria de Educação de Mato Grosso (Seduc), por meio da Superintendência de Modalidades e Temáticas Especiais”, afirma.
 
O deputado salienta que, com a implementação da biblioteca online, a instituição de ensino conseguirá reduzir custos com bibliotecas físicas, melhorar a qualidade do ensino com o amplo acervo e facilitará os estudos e pesquisas dos alunos e professores.
 
"À vista disso, os custos reduzem significativamente quando o Estado adquire uma biblioteca digital, uma vez que possibilita o acesso de conteúdos na versão online, dispensando um espaço físico tão grande. Vale lembrar também que a presença de uma plataforma digital diminui os custos de manutenção e não exige gastos básicos do dia a dia de uma biblioteca tradicional, como eletricidade, contas diversas e reposição de obras, já que os documentos são preservados e as publicações são menos prejudicadas”, explica o deputado. A proposta foi apresentada no dia 20 de outubro. 
 
 
 
PEDRO LUIS VELASCO DE BARROS / Gabinete do deputado Valdir Barranco
 
 
 
 
 

 

Comentários (0)

Escrever comentário

...enviando

Atenção! Preencha todos os campos marcados com *

Obrigado! Seu comentário foi enviada com sucesso.

Leia também

Ver todos os notícias


Cuiabá

. Umidade do ar:

25 Jan 2022

27ºC / 19ºC

26 Jan 2022

27ºC / 19ºC